Como deve ser feita a limpeza de caixa d’água em condomínios?

limpeza de caixa d'água em condomínio

A caixa d’água deve ser limpa uma vez por ano e o serviço deve ser executado por uma empresa especializada e certificada pela Anvisa. Não é recomendável que conservadoras façam esse tipo de serviço, pois a mesma pessoa que limpa uma caixa de gordura, ao lavar a caixa d’água, pode transportar bactérias para a água que o condomínio irá usar. A caixa d’água deve ser higienizada por uma equipe exclusiva, com equipamento e produtos químicos adequados.

Quanto custa a limpeza da caixa d’água?

O custo médio por procedimento é de R$200 a R$300  (valores de 2016) para um compartimento de 10 mil litros, mas o valor pode variar de acordo com a região e acesso à caixa d’água.

De quem é a responsabilidade da limpeza da caixa d’água?

A administradora pode indicar empresas especializadas ou indicar fornecedores de confiança para que o síndico avalie a melhor opção. Por se tratar de “manutenção periódica”, o síndico deverá providenciar o serviço.

 

 

Quanto tempo é preciso para a execução do serviço?

A limpeza da caixa d’água demora, em média, de uma a duas horas. Quando um condomínio possui mais de uma caixa, o abastecimento não precisa ser interrompido totalmente durante a execução do procedimento, pois, enquanto uma caixa é limpa, a outra pode continuar ativa normalmente. Quando o condomínio possui apenas uma caixa, o abastecimento é interrompido durante duas a três horas enquanto a execução dos serviços é realizada.

O que é usado na limpeza da caixa d’água?

As caixas em condomínio geralmente são maiores que cinco mil litros. A limpeza é feita com hidrojateamento e aplicação de cloro em pastilha efervescente, que possui a dosagem indicada para cada tamanho de caixa.

A portaria Nº 2.914, de 12 de dezembro de 2011 da ANVISA (clique aqui para acessar a portaria na íntegra) estabelece os procedimentos de vigilância e controle da qualidade da água para consumo humano, definindo os limites saudáveis de informações químicas da água. Por isso, dê preferência para empresas que, ao fazerem a limpeza, enviem posteriormente a análise da água para o síndico. Isso garante que o serviço foi bem feito e, claro, que a água está na qualidade esperada.

Conclusão

Fique atento se a limpeza da caixa d’água do seu condomínio está sendo feita com a periodicidade recomendada e por empresas especializadas. Se a água do seu condomínio não estiver totalmente apta para uso, você e a sua família está correndo sérios riscos relacionados à saúde.

Em uma próxima postagem, vamos falar da limpeza de caixa de gordura. Fiquem ligados!

Tem alguma dúvida? Use os comentários!


Fonte: Pillar Condomínios

Comentários