Economia dos blocos de concreto será demonstrada durante o 10º Concrete Show South America

economia dos blocos de concreto

Sistema construtivo com blocos de concreto pode ajudar a amenizar o déficit habitacional brasileiro


 Com o objetivo de apresentar a economia dos blocos de concretos na construção civil, a Associação Brasileira da Indústria de Blocos de Concreto – Bloco Brasil construirá dois apartamentos com cerca de 50 metros quadrados (m²) cada, nos moldes das moradias tipo Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU), durante o 10º Concrete Show South America (www.concreteshow.com.br), que será realizado entre os dias 24 e 26 no São Paulo Expo (antigo Centro de Exposições Imigrantes). O evento, que deverá reunir mais de 25 mil visitantes, reúne toda a cadeia produtiva do concreto e é focado em tecnologia e soluções para a construção civil e contará com com mais de 500 marcas expositoras nacionais e internacionais de 150 segmentos distintos.

“A iniciativa é muito importante para fornecer informação completa sobre esse sistema construtivo aos profissionais da construção civil brasileira”, salienta Ramon Barral, presidente da Bloco Brasil.

Ele informa que uma das estruturas será efetivamente construída até a altura das janelas e a outra terá apenas as dimensões de piso marcadas a fim de formar um “antes e depois”. Carlos Alberto Tauil, consultor técnico da Bloco Brasil e arquiteto, explica que o sistema construtivo em alvenaria estrutural com blocos de concreto dispensa a construção de vigas e pilares, uma vez que a própria parede erguida já é utilizada como estrutura do apartamento. “As paredes do apartamento em exposição serão erguidas até a metade para mostrar também como funciona a passagem das instalações e o assentamento dos blocos, entre outras ações”, ressalta.

De acordo com Carlos Alberto, esse sistema construtivo é o mais utilizado nas moradias dos programas habitacionais brasileiros, como o Minha casa, minha vida (MCMV), e vem contribuindo há algumas décadas para diminuir o déficit habitacional do Brasil.

“É um sistema que chega a ser até 30% mais econômico do que a construção convencional em edificações de até 10 pavimentos por oferecer uma construção rápida e industrializada”, garante.

A ação, durante o Concrete Show, também contará com a participação de pedreiros aprendizes, orientados por instrutores da Escola Orlando Laviero Ferraiuolo – Senai (SP).

Arquivo ABCP/Divulgação

QUALIDADE

Segundo o consultor da Bloco Brasil, além da economia, esse tipo de moradia oferece ao comprador plena garantia quanto à qualidade do imóvel por atender às normas estipuladas, tanto em relação ao produto bloco quanto à execução da construção. “Ao lado dos apartamentos expostos no Concrete Show, teremos painéis informativos com os valores de desempenho de paredes de blocos de concreto requeridos pela Norma de Desempenho de Edificações da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), avaliados para o tipo de habitação do MCMV, diz Carlos Alberto.

O evento, promovido pela UBM Brazil, tem foco no fomento às soluções que viabilizam o aumento da produtividade e a redução de custos na construção. Simultaneamente à feira será realizado o 10º Concrete Congress, que oferecerá cursos e seminários focados em temas ligados à produtividade, inovação tecnológica, normalização e qualidade, tecnologia do concreto, sustentabilidade e infraestrutura. Serão mais de 20 horas de conteúdo de alto teor técnico, organizadas pelas principais associações do setor.

 


Fonte: Lugar Certo - postado em 18/08/2016 12:37  Augusto Pio /Estado de Minas

Leia mais sobre Engenharia, Construção e Inovações no Blog Ichtus

ou

Conheça nossos serviços e comprove como podemos ajudar na realização dos seus sonhos!

 


Salvar

Salvar

Comentários