Powered by ZigaForm version 2.9.8
Telefone: +55 31 97525-0193 | 99992-4530 (WhatsApp)     E-mail: contato@ichtusengenharia-mg.com.br

Primeiras florestas verticais da Ásia produzirão 60 kg de oxigênio por dia

florestas verticais para produção de oxigênio


 

Não é novidade que a China sofre as consequências da enorme poluição. Para resolver o problema, a cidade de Nanquim está com um grande projeto de arquitetura ecológica em vista, que deverá ficar pronto em 2018.

Basicamente, a cidade contará com florestas verticais com mais de 3 mil plantas que, juntas, serão capazes de converter dióxido de carbono em 60 quilos de oxigênio por dia.

As Torres Nanquim, como são chamadas essas florestas verticais, serão pioneiras no estilo em todo o continente asiático. O projeto foi criado pelo arquiteto italiano Stefano Boeri, e as duas torres previstas terão 200 e 108 metros, respectivamente, repletas de árvores e arbustos de 23 espécies.

Solução sustentável

A maior das torres terá salas comerciais, um museu, uma escola de arquitetura sustentável e um clube na cobertura. Já a torre mais baixa será um hotel com uma piscina na cobertura. Além de sustentável, o projeto será visivelmente atraente e a ideia é que as torres sirvam também de apelo turístico para a cidade.

Boeri é responsável ainda por duas torres desse mesmo estilo que existem em Milão, além de projetos de prédios semelhantes para a cidade de Lausanne, na Suíça – pelo jeito, esse tipo de estrutura será cada vez mais comum.

Você também acredita que florestas verticais são uma saída estratégica e bonita para um mundo cada vez mais vítima da poluição? O que achou dessa ideia? Deixe sua opinião nos comentários!


Fonte(s): Mega Curioso - via Bored Panda/James Gould-Bourn





Comentários