Projeto prevê construir casas de concreto inflado que custam até 3,5 mil dólares

casas de concreto inflado

Modelo de moradia também é mais resistente a desastres naturais


 Desenvolvidas primeiro na década de 1960, as casas construídas de concreto inflado em formato de cúpula são resultado de um tipo de edificação pouco comum nos dias de hoje. Contudo, o método poderá ser usado como alternativa para projetos de abrigo a refugiados e habitação de baixo custo.

Conhecido como Binishell, o projeto consiste primeiramente em inflar balões para servirem como fôrmas. Por cima delas, é colocado o concreto e o restante dos materiais.

Binishell/Divulgação

Nesse modelo de habitação, são integrados sistemas que reduzem o consumo de energia em até 75% comparado aos métodos tradicionais. Além disso, é necessária uma quantidade menor de materiais, havendo redução de custos tanto ambiental quanto financeiramente. A empresa responsável avalia que a residência mais simples custaria não mais que 3.500 dólares.

Contra desastres naturais

O projeto também permite criar uma estrutura resistente aos desastres naturais, e sugere a criação de telhados verdes como solução para melhorar o conforto térmico e acústico das residências.

Binishell/Divulgação

 

Leia mais sobre Engenharia, Construção e Inovações no Blog Ichtus

ou

Conheça nossos serviços e comprove como podemos ajudar na realização dos seus sonhos!

 


Salvar

Salvar

Comentários